Unlimited Web HostingFree Joomla TemplatesDeposit Poker

Outras

Movimento lojista trabalhando em prol do comércio

Nesta quinta-feira (15), representantes do movimento lojista pernambucano estiveram reunidos com membros da Secretaria da Fazenda, alinhando o contato entre varejo e Governo. Foi possível realizar a entrega do documento, por meio da FCDL – PE e das CDLs de Pernambuco, com solicitação da revisão das alíquotas da substituição tributária e parcelamento de impostos (revisão dos valores das MVA’s e parcelamento do ICMS).

À frente do movimento lojista, nesta reunião, estiveram presentes:

Diretor Executivo da FCDL – PE: Cel. Eduardo Oliveira;

Vice-presidente da FCDL – PE e presidente da CDL Timbaúba: Edileuza Pedrosa;

Presidente da CDL Caruaru: Márcio Porto;

Diretor distrital e representante da CDL Garanhuns: Luiz Carlos.

Última atualização (Sex, 16 de Junho de 2017 18:06)

Leia mais...

 

Modernização Trabalhista avança no Senado Federal

 

Mesmo com a crise política e seus desdobramentos, o Senado Federal tem conseguido avançar com uma pauta indispensável ao desenvolvimento econômico e do mercado de trabalho nacional: a modernização trabalhista.

Nesta terça-feira (06), a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) aprovou por 14 votos a 11, o relatório do senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) ao Projeto de Lei da Câmara (PLC) 38/2017 do texto da reforma trabalhista. Agora, o trâmite na casa legislativa seguirá mais alguns passos. A matéria precisa ser analisada na Comissão de Assuntos Sociais (CAS), depois na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e, só então, poderá ir a Plenário.

A expectativa do setor de comércio e serviços é grande em torno da modernização trabalhista já que ela estimulará a geração de empregos formais no país. “Estamos com as esperanças renovadas ao constatar que apesar da crise, as instituições têm conseguido prosseguir com as mudanças que tem real potencial de impulsionar a economia e desenvolvimento do país. Acreditamos na independência de atuação das instituições para que o Brasil avance”, defende o presidente da CNDL, Honório Pinheiro.

Última atualização (Seg, 12 de Junho de 2017 08:13)

Leia mais...

 

58% dos brasileiros pretendem reduzir os gastos em junho, mostra indicador do SPC Brasil e CNDL

36% relatam aumento na fatura do cartão de crédito. 47% dos consumidores com empréstimos ou financiamentos admitem atrasos no pagamento de parcelas

O Indicador de Propensão ao Consumo, calculado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), aponta que 58% dos consumidores planejam reduzir os gastos em junho – as principais justificativas são a tentativa de economizar (23%), os preços mais elevados (18%), o fato de estarem endividados (15%) e uma redução de renda (10%).

Refletindo sobre sua realidade financeira, a maior parte (42%) diz estar no zero a zero, sem sobra nem falta de dinheiro.

Já 37% dizem estar no “vermelho”, sem conseguir pagar todas as contas e somente 15% dizem estar com sobra de dinheiro. “A quantidade de consumidores no limite de seu orçamento pode ser reflexo da crise econômica, mas também não se pode desconsiderar a falta de organização financeira, que leva ao acúmulo de dívidas e a todas as consequências que decorrem do aperto, como o stress e até o desentendimento familiar”, afirma a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti. “O tempo que o consumidor passa cuidando de suas finanças pode determinar se, no final do mês, ele estará em aperto e dificuldades ou com as contas em dia.”

Leia mais...

 

Itens de segunda mão aquecem o mercado

A recente valorização do consumo consciente e o charme dos objetos antigos ou de marca fazem com que os brechós virem pontos de venda concorridos e ocupem espaço até nos shoppings

 

A Suécia inaugurou recentemente, na cidade de Eskilstuna, uma grande novidade: um shopping de segunda mão, que vende móveis, roupas, utensílios de jardinagem, produtos para pets e até materiais de construção. O país escandinavo tem tradição em compra e venda de objetos usados e, recentemente, o shopping foi aberto em um antigo depósito de reciclagem, que funcionava desde 2015. A montagem desse projeto envolveu empresários, políticos e o prefeito da cidade, que se juntaram para encontrar uma forma de reduzir o desperdício e trabalhar o consumo consciente. O shopping também possui espaço para uma cafeteria, que serve comidas orgânicas e fomenta palestras sobre assuntos relacionados ao consumo consciente. Cerca de 700 pessoas visitam-no todos os dias.

Mas o Brasil também tem exemplos sobre o tema. Pesquisa feita pelo Ibope Conecta para a OLX apontou que 84% dos internautas brasileiros têm interesse em vender itens sem uso. De acordo com o levantamento, o potencial de venda do brasileiro chega a R$ 7,6 trilhões, incluindo o comércio de itens que vão de moda e eletrônicos a imóveis e veículos. Tatiane Rodrigues, designer de interiores e proprietária do Comadres Brechó de Luxo, confirma essa mudança de cenário no país e ressalta que, “nesses tempos de crise, é possível que o pequeno empresário que comercializa itens de segunda mão consiga negociar para estar em um grande shopping”.

Leia mais...

 
Mais Artigos...