Unlimited Web HostingFree Joomla TemplatesDeposit Poker

Destaques

  • .

  • .

  • .

PAM - Relação Médicos e descontos

Assessoria Jurídica

Entre em contato conosco e tenha acesso a todo o nosso time de assessores jurídicos. Seja mais CDL Salgueiro.


Leia Mais.

Certificação Digital

Ultimas Noticias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
A CDL Salgueiro realizou na noite desta quarta-feira (21/06) um "Arraía Premiado" para os associados da instituição.

Além dos vários brindes enviados para sorteio pelos sócios e parceiros, a CDL sorteou três viagens (Porto de Galinhas, Paulo Afonso/Piranhas - Cânions do São Francisco e SESC Triunfo - Circuito do Frio).

A animação ficou por conta da Quadrilha Junina Nação Sanfonear e da banda Xote Federal.


Parabenizamos a todos os que fizeram nosso Arraiá acontecer e também aos ganhadores:

1) B&G Material de Construção - Uma Viagem (com acompanhante) para o SESC Triunfo

2) Hinode - Uma viagem (individual) para Paulo Afonso/Piranhas pela Utopia Tur

3) Cyber Games - Uma viagem (com acompanhante) para Porto de Galinhas pela Utopia Tur

Read more
Movimento lojista trabalhando em prol do comércio

Nesta quinta-feira (15), representantes do movimento lojista pernambucano estiveram reunidos com membros da Secretaria da Fazenda, alinhando o contato entre varejo e Governo. Foi possível realizar a entrega do documento, por meio da FCDL – PE e das CDLs de Pernambuco, com solicitação da revisão das alíquotas da substituição tributária e parcelamento de impostos (revisão dos valores das MVA’s e parcelamento do ICMS).

À frente do movimento lojista, nesta reunião, estiveram presentes:

Diretor Executivo da FCDL – PE: Cel. Eduardo Oliveira;

Vice-presidente da FCDL – PE e presidente da CDL Timbaúba: Edileuza Pedrosa;

Presidente da CDL Caruaru: Márcio Porto;

Diretor distrital e representante da CDL Garanhuns: Luiz Carlos.

Read more
Modernização Trabalhista avança no Senado Federal

 

Mesmo com a crise política e seus desdobramentos, o Senado Federal tem conseguido avançar com uma pauta indispensável ao desenvolvimento econômico e do mercado de trabalho nacional: a modernização trabalhista.

Nesta terça-feira (06), a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) aprovou por 14 votos a 11, o relatório do senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) ao Projeto de Lei da Câmara (PLC) 38/2017 do texto da reforma trabalhista. Agora, o trâmite na casa legislativa seguirá mais alguns passos. A matéria precisa ser analisada na Comissão de Assuntos Sociais (CAS), depois na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e, só então, poderá ir a Plenário.

A expectativa do setor de comércio e serviços é grande em torno da modernização trabalhista já que ela estimulará a geração de empregos formais no país. “Estamos com as esperanças renovadas ao constatar que apesar da crise, as instituições têm conseguido prosseguir com as mudanças que tem real potencial de impulsionar a economia e desenvolvimento do país. Acreditamos na independência de atuação das instituições para que o Brasil avance”, defende o presidente da CNDL, Honório Pinheiro.

Read more
58% dos brasileiros pretendem reduzir os gastos em junho, mostra indicador do SPC Brasil e CNDL

36% relatam aumento na fatura do cartão de crédito. 47% dos consumidores com empréstimos ou financiamentos admitem atrasos no pagamento de parcelas

O Indicador de Propensão ao Consumo, calculado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), aponta que 58% dos consumidores planejam reduzir os gastos em junho – as principais justificativas são a tentativa de economizar (23%), os preços mais elevados (18%), o fato de estarem endividados (15%) e uma redução de renda (10%).

Refletindo sobre sua realidade financeira, a maior parte (42%) diz estar no zero a zero, sem sobra nem falta de dinheiro.

Já 37% dizem estar no “vermelho”, sem conseguir pagar todas as contas e somente 15% dizem estar com sobra de dinheiro. “A quantidade de consumidores no limite de seu orçamento pode ser reflexo da crise econômica, mas também não se pode desconsiderar a falta de organização financeira, que leva ao acúmulo de dívidas e a todas as consequências que decorrem do aperto, como o stress e até o desentendimento familiar”, afirma a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti. “O tempo que o consumidor passa cuidando de suas finanças pode determinar se, no final do mês, ele estará em aperto e dificuldades ou com as contas em dia.” Read more

Itens de segunda mão aquecem o mercado

A recente valorização do consumo consciente e o charme dos objetos antigos ou de marca fazem com que os brechós virem pontos de venda concorridos e ocupem espaço até nos shoppings

 

A Suécia inaugurou recentemente, na cidade de Eskilstuna, uma grande novidade: um shopping de segunda mão, que vende móveis, roupas, utensílios de jardinagem, produtos para pets e até materiais de construção. O país escandinavo tem tradição em compra e venda de objetos usados e, recentemente, o shopping foi aberto em um antigo depósito de reciclagem, que funcionava desde 2015. A montagem desse projeto envolveu empresários, políticos e o prefeito da cidade, que se juntaram para encontrar uma forma de reduzir o desperdício e trabalhar o consumo consciente. O shopping também possui espaço para uma cafeteria, que serve comidas orgânicas e fomenta palestras sobre assuntos relacionados ao consumo consciente. Cerca de 700 pessoas visitam-no todos os dias.

Mas o Brasil também tem exemplos sobre o tema. Pesquisa feita pelo Ibope Conecta para a OLX apontou que 84% dos internautas brasileiros têm interesse em vender itens sem uso. De acordo com o levantamento, o potencial de venda do brasileiro chega a R$ 7,6 trilhões, incluindo o comércio de itens que vão de moda e eletrônicos a imóveis e veículos. Tatiane Rodrigues, designer de interiores e proprietária do Comadres Brechó de Luxo, confirma essa mudança de cenário no país e ressalta que, “nesses tempos de crise, é possível que o pequeno empresário que comercializa itens de segunda mão consiga negociar para estar em um grande shopping”. Read more

Demanda da micro e pequena empresa por crédito cai 6,4% em abril

Indicador caiu para 12,36 pontos no último mês. Intenção de investimentos também segue em baixo patamar com apenas 25% de empresários planejando melhorias em seus negócios

Com a economia brasileira ainda em dificuldades para ensaiar uma recuperação consistente, as empresas de menor porte continuam retraídas na busca por crédito. Segundo dados apurados pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes (CNDL), a demanda por crédito das micro e pequenas empresas (MPEs) caiu 6,4% na passagem de março para abril. Na escala do indicador, o resultado ficou em 12,36 pontos, número ligeiramente abaixo do observado em março (13,20 pontos). Quanto mais próximo de 100, maior é a probabilidade de os empresários procurarem crédito e quanto mais próximo de zero, menos propensos eles estão para tomar recursos emprestados.

Para o presidente da CNDL, Honório Pinheiro, “o Brasil levará tempo para restaurar a confiança perdida. Por isso que muitos empresários ainda vão demorar a se sentir confiantes o suficiente para tomar crédito, fazer investimentos e comprometer o orçamento da sua empresa com dívidas à espera de um retorno no futuro”, explica o presidente.

Apenas 6% dos MPEs pretendem tomar crédito e 29% consideram difícil o processo de contratação em instituções financeiras

De acordo com o indicador, somente 6% dos micro e pequenos empresários manifestaram a intenção de contratar crédito nos próximos 90 dias, contra 85% de entrevistados que não têm esse objetivo. Outros 7% não souberam responder a pergunta. Entre os empresários que rejeitam buscar recursos de terceiros nos próximos três meses, conseguir manter o negócio com recursos próprios é a principal razão, mencionada por 48%. As altas taxas de juros também pesam nessa decisão, sendo a justificativa de 19% desses empresários. A insegurança com as condições econômicas do país em virtude da recessão foi mencionada por 14%.

Read more
Lei que autoriza o saque das contas inativas do FGTS é promulgada

Foi publicada hoje (26) no Diário Oficial da União (DOU) a Lei nº 13.446/2017 que autoriza o saque das contas inativas do FGTS. A nova lei foi promulgada depois da Câmara dos Deputados e o Senado Federal terem aprovado a MP 763/2016 que beneficia trabalhadores que pediram demissão até 31 de dezembro de 2015.

Segundo balanço da Caixa Econômica Federal, divulgado no dia 17/05, o montante de R$ 24,4 bilhões das contas inativas do FGTS já foi pago, beneficiando quase 16 milhões de trabalhadores nascidos entre janeiro e agosto. Mais 15 milhões de pessoas têm direito ao saque do FGTS.

O setor do varejo aposta na força da medida para impulsionar a retomada da economia como foi observado no mês de março, quando o setor de comércio e serviços sentiu os primeiros impactos no consumo.

Retomada da economia e impactos da crise

A expectativa do segmento de comércio e serviços é que no segundo trimestre a retomada da economia continue e que a aprovação da modernização do mercado de trabalho possa estimular o número de empregos formais.

Read more
Apenas 16% dos consumidores das classes C, D e E conseguiram poupar em fevereiro, mostra SPC Brasil e CNDL

Entre os poupadores, média geral reservada foi de R$ 414. 48% precisaram utilizar parte da reserva financeira

Com o Brasil ainda em recessão, os consumidores ainda não estão conseguindo poupar dinheiro em 2017. O Indicador de Reserva Financeira, calculado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostra que 20% dos consumidores guardaram alguma quantia em fevereiro – dentre as classes A e B essa proporção foi maior, de 34%. Já nas classes C, D e E, apenas 16% conseguiram poupar.

O Indicador mostra que a quantidade de consumidores que dizem não ter guardado compõe a grande maioria: nas classes A e B, 62% não conseguiram poupar em fevereiro. Quando se considera as classes C, D e E, o número sobe para 78%. No total, 74% não conseguiram poupar – no mês anterior, o percentual fora de 80%, uma diferença de 6 pontos percentuais. Read more

Após dois anos em queda, vendas na Páscoa voltam a crescer e registram alta de 0,93%

Ainda assim, resultado é modesto e insuficiente para o varejo retornar à fase anterior da crise econômica

Confirmando a expectativa de que a recuperação econômica será lenta e progressiva, o volume de vendas a prazo na semana anterior a Páscoa (que, este ano, foi entre os dias 9 e 15 de abril) apresentou um leve crescimento de 0,93% na comparação com o mesmo período do ano passado. Trata-se da primeira alta observada na data desde o ano de 2014, quando o crescimento fora de 2,55%. Em 2015, houve uma queda de -4,93%, posteriormente aprofundada para -16,81% em 2016. Os dados foram apurados pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

Read more
Crédito rotativo do cartão só poderá ser usado por um mês

As novas condições para o pagamento da fatura do cartão de crédito entram em vigor hoje. Com as mudanças, os consumidores podem usar a modalidade de crédito rotativo do cartão por, no máximo, 30 dias. Caso a pessoa pague qualquer valor entre o mínimo, 15% do total da fatura, e o integral, o saldo devedor deve ser quitado no mês seguinte. Para quem não puder pagar a pendência na data, os bancos serão obrigados a oferecer um parcelamento da dívida por uma linha de crédito com taxas de juros menores, com prazo de até 24 meses.

Na prática, a expectativa é que os consumidores saiam de uma dívida em que os juros chegam a 481,5% ao ano para uma que cobra, em média, 163,5%.

Pesquisa do SPC Brasil aponta que o cartão de crédito é o motivo da inadimplência para metade das pessoas que estão com o nome sujo ou que estiveram nessa situação nos últimos 12 meses.

Hoje, a inadimplência do cartão de crédito rotativo para pessoas físicas é de 33,2% do total de operações, enquanto a do parcelado é de apenas 1,2%. A economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, explica que o número alto de endividados é consequência da facilidade em usar o cartão de crédito, combinada com as altas taxas de juros e o descontrole financeiro dos brasileiros. Read more

Regras da terceirização já estão valendo

Sancionado na última sexta-feira (31) pelo presidente da República, o Projeto de Lei nº 4.302/98, que versa sobre a terceirização, já está vigorando. Agora, qualquer atividade exercida, tanto na esfera pública quanto privada, pode ser terceirizada.

Para o presidente da CNDL, Honório Pinheiro, a ampliação das possibilidades de contratação do serviço terceirizado representa a desburocratização nas relações entre empregado e empregador, além de favorecer a eficiência no mercado de trabalho.

“A terceirização é fundamental porque é uma forma do setor produtivo melhorar sua eficiência por meio da especialização. As novas regras também impulsionarão a geração de novos empregos impulsionando esse movimento da retomada da economia nacional”, destacou Pinheiro.

“Apesar de toda polêmica que envolveu a terceirização, todos os direitos serão mantidos e os benefícios dos trabalhadores continuam sendo garantidos pela Consolidação das Leis de Trabalho (CLT)’, completou o presidente. Read more

Calendário de feriados
Banner
Banner
Banner
Banner
Visitas
131526
HojeHoje23
OntemOntem80
Esta SemanaEsta Semana191
Este MêsEste Mês1607
Todos os DiasTodos os Dias131526